Web 2.0 – A era da comunicação e da colaboração – Parte 2

Um bom dia a todos!

Lembro-me que há algum tempo atrás eu postei aqui um tópico sobre a Web 2.0 – A era da comunicação e da colaboração.

Percebi que não comentei sobre algumas das principais ferramentas colaborativas existentes na Internet e como podemos usufruir delas, então, senti-me na obrigação de criar isto: a parte 2 da saga. 🙂

É incrível a quantidade de ferramentas colaborativas disponíveis na Internet atualmente, bem como os sistemas prontos que os webmasters podem empregar em seus sites!

Sistemas para compartilhamento de vídeos

Temos alguns bons sites para compartilhamento de vídeos. Sem dúvida alguma, o mais conhecido é o You Tube.

Acredito que todos nós, em algum momento, já assistiu a algum vídeo que achasse engraçado lá. Entretanto o seu acervo não contém somente “vídeos divertidos”, mas sim vídeos com os mais diversos intuitos: educação, lazer, informação, etc.

E o melhor de tudo é que ele é realmente colaborativo, ou seja, nossa função lá não é somente como espectador, mas também como provedor de conteúdo (subindo mais vídeos para o servidor) e crítico (comentando e votando nos vídeos).

O You Tube não é o único nesta linha. O Meta Cafe é um outro exemplo de site que se tornou bem sucedido graças às melhores conexões que temos hoje (claro, quem iria esperar duas horas e meia para ver um vídeo de dois ou três minutos?).

Sistemas para relacionamento (comunicação e interação) social

Aqui tratamos dos “espaços” oferecidos para cada usuário, onde eles podem apresentar suas individualidades, ao mesmo tempo em que podem visualizar os perfis de outros usuários, podendo então trocar mensagens, imagens e outras informações.

Um exemplo clássico aqui é o Orkut, um site para relacionamento social onde os membros possuem seu espaço (perfil) e podem criar ou juntar-se a comunidades, cada qual com objetivos específicos.

O Orkut já teve sua época áurea, hoje ele passa mais por um momento de crise, onde nem todas as comunidades funcionam da melhor forma possível, virando assim depósitos para spammers colocarem várias propagandas pensando que alguém vai ler.

Lembro-me que há algum tempo atrás o pessoal dizia sobre como o Orkut iria revolucionar a forma como as empresas procuravam informar-se sobre seus empregados e possíveis candidatos, por permitir a avaliação de um perfil mais aberto do mesmo. Hoje, percebo que o Orkut não mais conseguiria cumprir essa promessa. Entretanto, em seu lugar veio o Via6, um outro site para relacionamentos, só que com um foco diferente: aqui o que vale é o profissionalismo.

Então, se você está procurando um canal onde possa encontrar outras pessoas com os mesmos interesses profissionais que os seus, nada melhor que dar uma passadinha aqui, cadastrar-se, entrar em uma das comunidades (sim, cada comunidade baseia-se em um tema que, no caso, é uma possível área profissional).

Outro site para relacionamento pessoal é o MySpace, o “espacinho” da Microsoft.

Diferentemente do Orkut, onde os perfis só são acessíveis para quem é cadastrado no Orkut, os perfis no MySpace são acessíveis a todos, além de serem muito mais customizáveis, o que acaba sendo praticamente um site, a homepage do usuário.

Quem lê revistas como a Galileu, que trata de ciência e tecnologia, já deve ter visto vários casos de pessoas que conseguiram criar um negócio, um novo empreendimento, tendo como página na web o seu perfil MySpace.

Sistemas para compartilhamento de informações

Acredito que, nesta categoria, o mais conhecido é a Wikipedia.

Quem nunca quis saber algo sobre algo e não acabou indo parar numa página da Wikipedia?

Pois é, há muita informação lá e ela é inserida e gerenciada pelos próprios usuários e isso gera vantagens e desvantagens: a maior vantagem é a fácil manutenção da informação lá, podendo ser atualizada facilmente; a principal desvantagem é que é mais complicado garantir a veracidade das informações, já que uma pessoa com más intenções pode ir lá e alterar algo.

Bem, já percebo que terei que escrever, em outro momento, uma terceira parte, falando das ferramentas que os webmasters (ou mesmo os usuários em geral) podem usar para criar o seu próprio espaço propício para a colaboração, mas isso fica para uma outra hora. 😉

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

3 comments

  1. […] revolucionária no sentido de que mudou como a comunicação é feita pela Internet bem como as ferramentas que dispomos para participar dela; após isso, comentei sobre a revolução que os blogs vêm promovendo, bem […]

  2. […] no entanto, de abrir parênteses aqui e comentar também sobre a importância da web 2.0, muito mais colaborativa, como meio de promover um novo tipo de repórter, menos movido pelo consenso fabricado, emails […]

  3. […] mesmos discutimos sobre isso em Web 2.0 – A era da comunicação e da colaboração – parte 1 e parte 2), por que não falamos mais sobre como a mesma pode beneficiar os nossos negócios? Melhor ainda, […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print