Três coisas a serem evitadas quando aprendendo inglês

Você provavelmente leu muitos ótimos conselhos que há por aí. Conselhos que verdadeiramente podem guiá-lo, contudo que precisam ser complementados, pois sozinhos talvez não sejam tão bons assim. E se são importantes as orientações sobre o que fazer quando em certas circunstâncias, igualmente são necessárias as opiniões sobre o que não se pode fazer. Conhecendo-se aquilo de que se deve precaver fica muito mais fácil ressalvar-se dos perigos.

O foco deste nosso artigo é, nesse caso, orientações para que você possa, sozinho, aprender inglês e assim conquistar seus objetivos pessoais. Pode parecer um pouco confuso, já que frequentemente são listadas as coisas que devemos executar, entretanto você notará que esta lista terá capacidade de ajudá-lo a melhor aproveitar-se daquilo que está aprendendo em seu próprio proveito.

Uma vez que tenha seu propósito bem fixo em sua mente, aqui vão algumas dicas sobre o que deve prevenir-se (ou remediar-se):

1. Assistir filmes somente em português

Esse é um erro cometido por muitos que começam a estudar a língua inglesa: esquecem que, na hora do lazer, podem continuar a aprender e aperfeiçoar-se, buscando filmes com áudio e legenda em inglês. Caso você ainda não consiga compreender auditivamente o idioma, utilize-se de legendas em inglês.

Se for realmente imprescindível utilizar-se da língua portuguesa, então assista mais de uma vez o filme: uma vez em português, outra em inglês.

2. Não adquirir livros com áudio em inglês

Outro recurso que pode ser muito bem empregado por quem está aprendendo uma nova língua é a aquisição de livros escritos no idioma estudado que também possuem CD ou DVD com a sua versão em áudio. Adquirindo-se tais livros, você estará adquirindo uma poderosa ferramenta para aperfeiçoar sua capacidade linguística naquele novo idioma. Infelizmente, para muitos, isto aparenta ser somente uma “jogada de marketing”, uma tentativa de somente “empurrar-lhes” mais um produto.

Se você pensar desse jeito e não investir em seu aprendizado irá prejudicar-se e muito. Procure, assim, por livros que sejam compatíveis com o seu estágio de desenvolvimento (geralmente vão de Beginner ao Advanced, passando por três ou quatro estágios intermediários).

3. Não investir em cursos complementares

E aqui está outro erro bastante comum, por muitos acharem desnecessário isso. Um curso de inglês irá trazer-lhe muitas informações importantes, mas não se engane: todo curso sempre poderá ser complementado por outro curso ou mesmo por este ou aquele livro. Suponha que você está fazendo um curso de idiomas com propósito geral: você pode, mais tarde ou paralelamente, participar de um curso de idiomas focado em negociações internacionais. Ou mesmo você pode aprender um vocabulário mais técnico, focado em sua área, seja ela Medicina ou Direito.

Enfim, sempre há uma opção para estender o que aprendizado com algo novo e você não deveria perder tais oportunidades.

Certifique-se de não permitir que esses três equívocos aqui comentados ocorram em sua vida, executando nossas propostas de soluções alternativas se você desejar. E tenha sempre em mente que qualquer momento é um bom para aprender inglês!

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *