Alimentação no combate aos radicais livres

Alimentação no combate aos radicais livres

A maioria das  pessoas em algum momento de suas vidas já ouviram falar em radicais livres. Mas será que todos sabem o que são radicais livres  e mais ainda como a alimentação adotada pelos indivíduos é importante para  prevenção deles?

Definição de radicais livres

Segundo os especialistas os radicais livres são estruturas formadas normalmente a partir do metabolismo celular do organismo, porém quando produzido em uma quantidade acima do normal por alguma razão causa graves enfermidades e complicações para a manutenção das funções orgânicas normalizadas. Algumas doenças ou problemas relacionadas à produção em grande quantidade de radicais livres podem ser: artrite, alguns timos d e tumores cancerígenos, enfermidades cardíacas e envelhecimento precoce.

Para combater essa atuação nociva dos radicais livres existem os compostos antioxidantes que são os compostos responsáveis pela diminuição e também inibição das lesões que foram causadas pelos radicais livres nas células do corpo humano. Por isso a alimentação é importante para prevenir os radicais livres pois os alimentos são constituídos por fortes antioxidantes como por exemplo os flavonóides, a vitamina C, Beta-caroteno, a vitamina E, Vitamina A, Vitamina B6 e os minerais zinco e selênio. Daí a importância dos indivíduos se alimentarem de maneira adequada com alimentos que os protegem dos malefícios causados pelos radicais livres.

Fatores que causam uma maior produção de radicais livres

Várias pesquisas foram realizadas e os estudiosos chegaram  a conclusão que existem alguns fatores que podem levar a produção de uma maior quantidade de radicais livres pelo organismo entre alguns mais conhecidos estão: o vício do tabagismo, ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, alguns alimentos industrializados e determinados medicamentos, exposição excessiva aos raios ultra violeta provenientes do sol, consumo exagerado de alimentos gordurosos e até mesmo a exposição dos indivíduos à contaminação do meio ambiente.

Os especialistas orientam às pessoas que para prevenir os riscos dos radicais livres adotem  refeições diárias  feitas com alimentos que contenham antioxidantes em sua constituição básica para prevenir o aparecimento de doenças graves  e manter uma boa qualidade de vida com um organismo sempre saudável.

Alimentos ricos em antioxidantes

Segundo especialistas os antioxidantes são compostos  capazes de inibir ou prevenir as lesões celulares provocados pelos radicais livres. Por isso a orientação é consumir alimentos ricos nesses antioxidantes para que os indivíduos possam manter um estado orgânico saudável e prevenir o aparecimento de possíveis enfermidades que podem ser bastante graves, se não tratadas de maneira adequada. Esses alimentos e seus principais antioxidantes seriam:

  • Flavonóides: morango, maçã, chá verde,uva, cebolinha, salsa e brócolis, entre outros
  • Beta-Caroteno: cenoura, abóbora, mamão entre outros
  • Vitamina C: tangerina, goiaba, laranja,  acerola, tomate, limão, coentro, pimentão amarelo, pitanga, kiwi, caju, salsa, gengibre, cravo-da-índia entre outros
  • Vitamina A: fígado, abóbora, cenoura, alecrim , pimenta, alho, beterraba, melão, manga, pêssego, brócolis, alecrim, gema de ovo entre outros
  • Vitamina E: arroz, milho, gema de ovo, legumes, germe de trigo, soja, sementes de girassol, pimenta, manjericão, orégano entre outros
  • Vitamina B6: arroz integral, girassol, germe de trigo, soja, levedo de cerveja, orégano, peixe, frango entre outros
  • Zinco: espinafre, ostra, leite, aveia, papoula, manjericão, gema de ovo entre outros
  • Selênio: cereais integrais, ovos, cogumelo, frutos do mar, milho, coentro, salsa, gengibre entre outros

Esses alimentos  apresentam  a propriedade de combate ou prevenção dos radicais livres contra as doenças e o envelhecimento precoce nos seres humanos pois são ricos em compostos antioxidantes.

Orientação de especialistas

Uma alimentação à base de compostos antioxidantes é fundamental para a manutenção de um organismo saudável, no entanto ressalta-se a importância do acompanhamento de um profissional para que ele possa prescrever qual seria a dieta alimentar rica em compostos antioxidantes ideal para combater os radicais livres. É sempre importante lembrar que muito mais do que prevenção de envelhecimento precoce os radicais livres podem provocar doenças muito graves como por exemplo alguns tipos de cânceres.

Por isso adotar um alimentação que consiga reunir a maior quantidade de compostos oxidantes possíveis é uma atitude necessária para manutenção da saúde do organismo. A importância da alimentação na prevenção de determinados tipos de enfermidades já foi observada pelos pesquisadores em muitas situações de risco para os indivíduos e especificamente  com os radicais livres, sendo assim escolher os alimentos adequados é de vital importância para todos.

Por Salete Dias