Redes Sociais – você ainda vai fazer parte de uma

Redes Sociais – você ainda vai fazer parte de uma… se é que já não faz, já que o número de usuários de redes sociais cresce exponencialmente no Brasil a cada dia!

É incrível que em um país com uma diferença cultural tão grandes, graves problemas de inclusão digital (em minha opinião, saber ir a uma LAN house usar MSN + Orkut não é estar incluído digitalmente) e, mesmo assim, é campeão em participação em redes sociais. Exemplo disso é o Orkut, onde somos recordistas mundialmente em quantidade de usuários, bem como de comunidades.

Uma rede social nada mais é que uma portal/sistema capaz de promover a interação entre seus membros por meio de mensagens (públicas ou particulares), criação de comunidades e fóruns de discussão, compartilhamento de arquivos (fotos, vídeos, arquivos de áudio), etc.

Quem conheceu o “período áureo” do Orkut, deve lembrar-se de quando todos falavam sobre as incríveis possibilidades que o mesmo ofereceria para os campos profissionais, educacionais, etc. Infelizmente, devido às restrições impostas pelo próprio sistema, não foi possível que tais ambições fossem alcançadas.

Hoje, o Orkut ainda é um grande sucesso, mas as suas comunidades já não prometem mais tanto quanto antigamente…

O Orkut não é a única rede social, mas com certeza é uma das que mais fez sucesso por aqui. Outras como o Hi5, Gazzag, Via6, Linkedin, Yuwie, NetLog, etc. também ajudam a compor o quadro, cada qual de sua forma.

Se seu interesse é mais no campo profissional, por exemplo, você pode interessar-se pelas redes Via6 e Linkedin. Se você possui maior interesse em fazer amigos, divulgar produtos e serviços e tentar monetizar sua participação, Yuwie pode ser o que você está esperando. Mas se o que você quer é fazer amigos, tenha certeza de que todas elas permitirão isso, mas com principal ênfase em redes como o Orkut, Hi5, Gazzag, NetLog, etc.

Há ainda outras redes como o Twitter, criado como uma rede para microblogging (similar a blogs, mas com mensagens curtas que chegam facilmente a todos que o estejam acompanhando), e redes agregadoras de notícias (que também apresentam características similares a redes sociais) como é o caso do Dihitt e BlogBlogs (muito interessante para bloggers e amantes de blogs 🙂 ).

Como mencionei anteriormente, há mal algum nas redes sociais, somente considero que as pessoas poderiam descobrir que há “mais na Internet” além de MSN + Orkut + Email. Se uma rede social já consegue garantir-lhe o benefício de manter contato com diversas pessoas independentemente de sua localização geográfica, imagine os benefícios que isso pode lhe gerar se você conseguir agregar também valor à sua educação, formação profissional e tantos outros aspectos de sua vida! Empolgante não acha?

Se você já faz parte de alguma rede social similar ao Orkut, mas não consegue nenhum outro proveito além da possibilidade de interação com seus amigos, aconselho-o a explorar as outras que citei aqui (principalmente o Via6 – que é em português – e o Linkedin – este, em inglês) e analisar de forma séria sua participação nas mesmas. Você poderá aprender muito por meio disso.

Infelizmente, ainda não conheço uma rede social focada em educação. Bem, há vários sistemas para quem quer criar sua própria rede social (infelizmente, todos pagos e com um preço um pouco salgado 🙁 ). Quando encontrar algum com valor mais atraente, quem sabe eu não tente criar algo do tipo?

Bem, fica a dica – você sabe realmente usar o potencial de uma rede social e… você já faz parte de uma?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print