Quer ganhar mais dinheiro? Está pronto para o webusiness 2.0? – parte 3

E aqui estamos com a terceira parte da série de artigos focada em como ganhar dinheiro por meio da correta utilização da Internet como meio de interação com os potenciais clientes – Webusiness 2.0 . Se você ainda não leu nossos outros dois artigos anteriores, aqui estão os links para os mesmos:

Quer ganhar mais dinheiro? Está pronto para o webusiness 2.0? – parte 1

Quer ganhar mais dinheiro? Está pronto para o webusiness 2.0? – parte 2

Não importa se você possui uma empresa de consultoria em EAD, desenvolvedora de softwares ou escritório de contabilidade, você já deve ter notado que os meios de divulgação, gerenciamento de vendas e até mesmo a prestação de serviços tem sofrido muitas alterações – o que antes exigiria ao menos dois encontros entre vendedores ou prestadores de serviços e clientes e consumiria várias horas ou dias a fim de fechar-se alguma venda ou contrato, hoje pode ser executado em questão de minutos pela Web, devido a diversas facilidades em busca e recuperação da informação que a nova era digital nos oferece.

A fim de conseguirmos manter esse ritmo frenético que o novo mundo exige de nós, por sorte, podemos contar com várias ferramentas capazes não somente de ajudar-nos a publicar informações que conhecemos, mas também a propiciar uma melhor interação com os potenciais clientes, bem como a interação entre eles próprios, gerando assim mais informações úteis sobre seus serviços ou produtos.

Se você estiver bem lembrado quanto ao nosso artigo anterior, lembrará que nós falamos a respeito de “usar as armas certas”, isso porque há diversas ferramentas que podem ser empregadas, mas nem todas possuirão o mesmo efeito em seus negócios. Vamos então começar a estudar cada uma dessas opções e a primeira delas é, sem dúvida, os blogs.

Blog – uma opção popular e prática

De todas as opções que aqui serão apresentadas agora, acredito que a mais interessante para quem está querendo chegar facilmente com as novidades até os clientes e facilitar que os mesmos possam comentar sobre o que está ocorrendo são os blogs.

Segundo a Wikipedia, blogs são páginas da web cujas atualizações são organizadas de forma cronologicamente inversa, apresentando-se ao topo as mais recentes publicações.

Ao contrário do que vimos há alguns anos atrás, hoje blogs não são mais considerados “diários adolescentes”, mas sim um meio bastante responsável para divulgação de um grande volume de informações a cerca de um nicho de forma gradual.

Escrever um artigo / tópico em um blog pode ser algo tão rápido que não levaria mais do que 15 minutos, ou algo demorado, consumindo horas e que exija pesquisa sobre o tema anteriormente (como é o caso da maioria dos artigos aqui apresentados 🙂  ).

Antes de definir um blog para um negócio e publicá-lo, é importante que o empreendedor observe os seguintes pontos:

  • Defina qual o foco de sua atividade – qual a missão de sua empresa? O que ela busca solucionar na vida das pessoas?
  • Delimite qual será o seu público-alvo – idosos? adolescentes escolares? mulheres que atuam no ramo de investimentos?
  • Trace uma estratégia de atualização, bem como defina quais os conteúdos a serem abordados – atualizações semanais falando somente dos produtos oferecidos? Atualizações diárias abordando artigos sobre o assunto, escritos por você ou por terceiros mediante correta autorização?

Após ter ao menos esses três pontos definidos, o empreendedor pode começar a publicar artigos em seu blog. Se já possuir algum tipo de cadastro com o email de vários potenciais clientes e visitantes, envie-lhes um e-mail anunciando o lançamento de seu blog, entretanto sempre aconselho que a inauguração real só ocorra quando o mesmo possuir ao menos 10 ou 15 artigos.

A fim de melhor orientá-lo sobre como proceder para criar e manter seu blog, aqui está uma seleção de artigos:

Como os blogs revolucionaram a Internet?

Como criar o seu próprio blog

Como fazer seu blog receber mais tráfego – parte 1

Como fazer seu blog receber mais tráfego – parte 2

Você pode adotar o blog como uma forma de falar sobre eventos em que sua empresa está participando, lançamento de novos produtos ou serviços, explicar sobre assuntos relevantes para a compreensão de suas atividades ou mesmo ser o blog o seu negócio! Isso mesmo, atualmente já temos pessoas trabalhando exclusivamente ou em tempo parcial com blogs, em outras palavras, além de uma ferramenta para ajudar a alavancar o seu negócio, você pode transformar o seu blog em seu próprio negócio.

Entretanto, se você está pensando em montar uma estrutura para oferecer suporte online a usuários de alguma solução tecnológica ou para acompanhamento de atividades, então você já pode estar precisando de um…

Fórum de discussão

Novamente segundo a Wikipedia, um fórum de discussão é uma ferramenta para páginas de Internet destinada a promover debates através de mensagens publicadas abordando uma mesma questão.

Desta forma, sempre que alguém quiser fazer um comunicado ou iniciar uma nova pergunta, basta que se crie um novo tópico e todo aquele que quiser responder ou estender a pergunta feita em um tópico basta escrevê-lo como resposta àquele tópico, assim o próprio sistema se encarrega de agrupar as threads (respostas) segundo a pergunta original.

A natureza de um fórum de discussão, como se pode perceber, é excelente como solução para suporte de serviços e/ou produtos.

Crie ao menos uma seção para seus produtos (ou, se possível, uma seção para cada produto) e em cada seção, um fórum para cada produto (ou para cada coisa que espera abordar sobre aquele produto).

Se quiser ver um exemplo de como adotar um fórum para oferecer suporte ou mesmo um outro meio de maior interação entre todos os que visitam seu site, veja o fórum do Giga Mundo e o fórum do Instituto dos Jogos.

Há várias opções de scripts já prontos de fóruns, alguns pagos, outros gratuitos. Os mais comuns são o vBulletin e o phpBB que está atualmente na terceira versão

Em meus fóruns, utilizo o phpBB3, que é gratuito, fácil de compreender e baeado em PHP + MySQL (observe se seu plano de hospedagem cobre tais tecnologias também, antes de optar por este tipo de script para o seu fórum).

Wiki – Construindo o conhecimento de forma ativamente colaborativa

Wiki trata-se de um sistema de páginas que possui alta capacidade de edição e customização permitindo, por exemplo, que seus usuários criem uma grande enciclopédia virtual, como é o caso da Wikipedia.

Esta opção pode não ser muito útil, uma vez que exige um maior tempo de cada um que participa não somente para aprender, mas para estar sempre atualizando as informações disponíveis.

Entretanto, incluo esta opção aqui pois já vi boas experiências de pessoas que conseguiram criar um sistema de site que aliava comentários e textos wiki com o sistema do site em si. Dá trabalho, mas quando pronto, muito bom. 🙂

Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo (CMS)

Como o próprio nome diz, são sistemas desenvolvidos para gerir todo o conteúdo de um website, permitindo que se altere tudo a partir dele, inclusive o layout.

Os CMSs buscam simplificar a vida daqueles que precisam criar todo o sistema de seu website do nada.

Um exemplo de CMS é o Joomla, um sistema que pode ser facilmente instalado em servidores que suportem PHP e MySQL e permite que o administrador configure todo o site a partir dele, evitando assim que ele tenha que criar todo ele do zero.

Esse tipo de sistema pode não apresentar o mesmo nível de interação com o usuário como os anteriores, mas é importante falar dele, já que estamos falando de negócios na web, isto é, se facilitarmos o “como aparecer na web”, também estamos aprendendo a desenvolver webusinesses melhores. 😉

Newsletters – Listas de anúncios

Tratam-se de listas de emails para as quais o proprietário da lista pode enviar anúncios, contendo avisos, propagandas, informações úteis, etc.

Uma excelente forma de captar emails de pessoas interessadas em saber das novidades sem apelar para SPAM é simplesmente inserindo um formulário para que a pessoa aceite a newsletter em seu site.

Antes da popularização dos fóruns de discussão, o “sucesso” eram as listas de discussão, que funcionam similares às newsletters, com a principal diferença sendo o fato de que os usuários comuns não podem enviar mensagens para todos os demais nas newsletters, o que facilmente ocorria nas listas de discussão.

___________________________________________________________________________

Bem, conseguimos finalmente falar sobre as ferramentas que você pode adotar em Webusiness 2.0, agora, é só aguardar e tentar descobrir o que falaremos na próxima parte 😉

[Material pertencente ao curso Quer ganhar mais dinheiro? Está pronto para o Webusiness 2.0?]

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print