Investir em ações – vale mesmo a pena?

Ivestir em ações vale mesmo a pena?

Se você que está ai pensa em investir em ações da bolsa de valores, leia atentamente o nosso post: Para nos ajudar nessa tarefa, foi lançada a 8ª lição do curso Manual do investidor.

Mas, antes de prosseguir, é importante que você já esteja a par das sete lições anteriores, afinal, um investidor de sucesso deve estudar bem o seu mercado. Vamos em frente!

O que é o investimento em ações?

Antes de tudo, vamos explicar o termo ação, para quem está começando agora. Uma ação é:

É a menor fatia do capital de uma instituição/empresa, que é vendida/comprada nas bolsas de valores, como a Bovespa. Um investidor, quando comercializa ações, pode negociá-las, a título nominal. As ações compradas podem se valorizar ou não, dependendo do momento, isso é o que vai determinar se o acionista vai ganhar dinheiro ou não. Muitas empresas dividem os lucros aos acionistas, o que é bastante interessante. As ações mais comercializadas atualmente no Brasil são as preferenciais e as ordinárias.

Nesta descrição, ressaltamos o que é principal para se entender sobre ações: É importante entender que uma ação é uma parte do capital total da empresa, que pode ser negociada na bolsa de valores, mas para isso o capital da empresa deve ser do tipo aberto; Que é o que permite a sua negociação.

Por isso, o seu capital aplicado vai se valorizar/desvalorizar de acordo com a empresa da qual você comprou ações. Justamente por causa de seu ganho, que é sempre incerto, esse investimento é considerado de renda variável.

Como ganhar dinheiro investindo nas ações da bolsa

Existem duas formas de ganhar dinheiro com esse tipo de investimento: Com a distribuição dos lucros da empresa ou através da valorização de seus títulos na bolsa de valores. A participação nos lucros acontece quando a empresa de capital aberto faz uma divisão de um percentual de seu lucro gerado com os acionistas.

A valorização das ações ocorre quando elas são mais procuradas pelos investidores, o que causa o aumento de seu preço e fica interessante vender.

Se você vai investir a longo prazo, esperar a divisão anual dos lucros é uma boa idéia, do contrário, é melhor investir em papéis que tendem a se valorizar no mercado. Mas, pode-se também investir nas duas vertentes, principalmente para o investidor que não tem pressa.

E como eu faço para adquirir minhas ações?

O meio mais simples é se dirigir a um banco que faça a compra e venda de ações.

Vários bancos oferecem esse serviço via web, para que o investidor possa ingressar no mercado de ações.  Esses bancos podem cobrar somente a taxa de operação ou a de administração, mas isso depende da política de cada instituição.

Alguns desses bancos afirmam que cobram a taxa mais em conta. Só que na prática: O mercado de ações é tão instável, que o valor da taxa cobrada pelo banco é o menor de seus problemas. Outro detalhe importante é que vários bancos vêm oferecendo a seus clientes cursos de atualização e artigos online, para que o investidor se mantenha sempre atualizado sobre o mercado.

Por isso, pesquise quais são os bancos que comercializam ações e que pode ter a cartela mais interessante para você; Faça uma pesquisa ampla e verifique quais são os serviços adicionais que ela oferece ao investidor, como o pregão online e serviços via internet, por exemplo, além das taxas cobradas, claro. Tente também encontrar pessoas que fazem o uso do mesmo serviço e faça todas os questionamentos necessários sobre o assunto a elas.

Jamais escolha uma instituição financeira/banco antes de fazer uma boa pesquisa. Simples assim!

Como eu ganho dinheiro investindo em ações?

Essa aí é a pergunta que não quer calar!  Lá no blog Investindo em Ações, tem uma afirmação importantíssima sobre isso: “Investir em ações é fácil. Difícil é ganhar dinheiro”.

Essa frase quer dizer na prática que vender/comprar ações é uma tarefa simples, o complicado é ter o timing certo para isso.

Para te ajudar nisso, vão algumas dicas:

  • Tenha atenção com os conselhos de terceiros, pois tem gente que fala demais e que, na verdade, não acerta nada!
  • Realize uma boa pesquisa sobre empresas e situação de mercado para saber de qual empresa você deve adquirir ações. Se você fizer uma boa pesquisa no mercado e da economia, se atualizando sempre, as suas chances de tomar prejuízo são bem menores;
  • Invista com calma, a médio e longo prazo, já que nesse mercado existe muita oscilação. Mas, justamente essa oscilação pode ajudar a empresas de vários segmentos a recuperar-se de algum prejuízo ou de um momento econômico desfavorável. Pesquise muito antes de investir em determinada empresa, pois o cenário do mercado de ações sempre tem muita variação.
  • Sempre acompanhe revistas, blogs e veículos de comunicação voltados para o mercado de ações. Sugerimos que você dê uma passada no blog InvestManíacos.

Saiba correr riscos

O mercado de ações tende a apresentar um risco muito alto, pois o investidor pode acabar perdendo muito dinheiro. Ainda assim, você pode sim ganhar um bom dinheiro com elas.  Por isso, antes de começar, pesquise e veja qual é o nível de risco que você quer correr nesse tipo de investimento.

Para o investidor que gosta de arriscar, o ideal é apostar em empresas novas no mercado, que têm um risco maior, mas para os conservadores, o mais indicado é apostar nas empresas tradicionais, com um nível de risco mais baixo.

O autor de “Pai Rico, Pai Pobre – o que os ricos ensinam a seus filhos sobre o dinheiro”, Robert Kiyosaki, afirma a seus leitores que: O importante é conhecer e pesquisar o mercado, e não deixar de investir em um mercado tão rentável simplesmente por causa do medo de se arriscar.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print