Explore seus pontos fortes

Exlore seus pontos fortes, esta pode ser considerada a “dica do dia”: maximize, aperfeiçoe-se naquilo que você já é bom, naquilo que você gosta de fazer e busque como melhor aplicar isso em seu dia-a-dia. Se você entendeu isso, a mensagem já está passada, agora, vamos explicar por quê. 😉

Segundo estudos do Instituto Gallup, um instituto focado em pesquisas na área de recursos humanos, as pessoas bem como as organizações possuem a “mania” de focar nos pontos fracos e tentar corrigi-los, em vez de focar nos pontos fortes e aperfeiçoá-los.

Fica então a dúvida, o que é realmente melhor: trabalhar os pontos fracos ou os pontos fortes das pessoas?

Bem, para compreender um pouco mais sobre cada um deles e o impacto causado quando focamos e trabalhamos um deles, decidi procurar alguma literatura interessante, no caso descobri o livro Descubra seus pontos fortes, de Marcus Buckingham e Donald O. Clifton.

O livro tece toda a análise e discussão que fundamenta seu título baseado em um estudo feito pelo Instituto Gallup com mais de dois milhões de pessoas. Bem, um número bastante relevante, não acha?

Antes de começar a discussão, o livro aponta os resultados das pesquisas, que dizem que as pessoas que diziam trabalhar o seu pontencial máximo na empresa, fazendo coisas que gostam e que trabalham seus pontos fortes, trabalhavam em unidades cerca de 50% mais produtivas que as outras. Excelente! O problema é que somente cerca dos 20% dos entrevistados acreditavam estar trabalhando seus pontos fortes, desta forma, 80% não estão explorando seu potencial ao máximo, o que é ruim não somente para as empresas, mas também para cada qual como indivíduo.

Comecei então a pensar em mim mesmo, naquilo que faço e nas coisas que conquistei e percebo que sempre consegui melhores resultados naquilo que era o “meu forte”. Entretanto, percebo que não estou trabalhando ainda meus pontos fortes, o que não é muito bom.

O que deve ser feito então?

Descubra seus pontos fortes

O primeiro passo é saber quais são as suas qualidades, aquilo que você sabe fazer melhor, e compreendê-las.

Às vezes pensamos que isso é tarefa fácil, mas não é. Muitas vezes, estamos tão focados em corrigir nossos “erros”, nossos pontos fracos, que ignoramos aquilo que sabemos fazer.

Precisamos, então, parar de focar aquilo que não é o nosso ponto forte e procurar este.

Como identificá-los?

Basta analisar seu dia-a-dia: o que você sente prazer em fazer? O que o motiva? Que atividades você sente atraí-lo devido ao desafio proporcionado?

Analise tais situações, tais atividades e você descobrirá que cada uma delas tanto lhe interessa porque você é “forte” nisso.

Procure como melhor utilizar seus pontos fortes em seu dia-a-dia

Como próximo passo, você deve buscar como melhor empregar seus pontos fortes em seu dia-a-dia. Se você é “forte” em economia, finanças e contabilidade, procure atividades que possa explorar isso. Se você é “forte” em trabalho em equipe, busque coordenar atividades de diversas pessoas em busca de resolver um problema maior. Enfim, se você é “forte” em alguma área, procure como melhor utilizar-se disso.

Em meu caso, por exemplo, gosto muito de programar, jogos e escrever. Então sou programador de jogos e game designer, além de ter blogs. 🙂

Você deveria fazer o mesmo pois, quando você traba os seus pontos fortes, quando você se empenha em algo que gosta, você consegue sempre resultados muito melhores, o que influenciará até mesmo na qualidade de vida que você tem!

Aperfeiçoe sempre seus pontos fortes

O aprimoramento de suas qualidades deve ser contínuo e gradativo, pois a partir do momento em que você para de aperfeiçoar-se você começa a se desatualizar, a enfraquecer seu potencial, a não mais aplicar-se ão bem em suas atividades.

“A empresa em que trabalho não quer investir em meu aperfeiçoamento, e agora?”

Como já citei em outras oportunidades, não fique esperando que os outros façam por você aquilo que deveria interessar primeiro a você, caso contrário, você poderá ficar no “banco de espera” por toda a sua vida.

Procure cursos, livros, sites, conversas com profissionais, enfim, tudo o que você puder para melhor compreender e explorar suas habilidades.

Eu, por exemplo, estou lendo este livro e estou interessado em saber como melhor identificar meus pontos fortes bem como de outras pessoas a fim de ajudá-las. Leio e participo de eventos para desenvolver também os pontos fortes que já identifiquei. Quanto mais invisto em mim mesmo, maior o retorno. 🙂

Com esses três passos, você deve estar pronto para encarar não somente o mercado de trabalho, mas também as várias outras áreas de sua vida, mais prontamente e certo de que se explorar seus pontos fortes corretamente os resultados somente poderão ser positivos.

Agora é com você: descubra e explore seus pontos fortes!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

One comment

  1. […] todas elas sejam excelentes para você! Em outro blog meu, Giga Mundo, escrevi um artigo chamado Explore seus pontos fortes, que fala sobre a importância de você trabalhar naquilo que você é “forte”, ou […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print