Eu devo criar um blog para o meu negócio?

Hoje eu estava (finalmente!) revisando e publicando os comentários do Giga Mundo. Como de costume, começo revisando e publicando os comentários dos artigos mais comentados, já que é onde há um maior número de dúvidas, o que me levou desta vez ao artigo Como criar o seu próprio blog.

Há, claro, um bom número de comentários, muitos de pessoas interessadas em ter seu próprio blog sobre futebol, celebridades, jogos, etc. geralmente como um meio lúdico e informativo, mas um comentário me chamou a atenção, de Eneias Santana, leiam:

Preciso criar meu blog porque eu vivo de fazer empréstimo bancário e vendo passagens aéreas e penso que se eu tiver um blog abrirá um link maior para meus negócios mais se você que tem mais esperiência que eu em blog se ver que isso será uma visão frustrada seja sincero e me responda. Você pode ou não me ajudar a criar um blog ou você não aconselha que eu faça isso? Obrigado e desculpa-me por estar lhe incomodando.

Em primeiro lugar, Eneias, não é incômodo algum, ok? Agora, deixe-me falar um pouco sobre minha experiência em blogs e websites, assim fica mais fácil entender se é interessante para o seu negócio, ok?

Minha experiência como blogger

O primeiro blog que tive foi em 2006, o GameDevBlog, quando trabalhava em uma empresa desenvolvedora de jogos de Belo Horizonte e aproveitei aquele momento para usá-lo para registrar tudo o que aprendia e ensinar aos outros coisas que já sabia sobre desenvolvimento de jogos. Até então, tinha o blog somente como um meio de comunicação, de passar adiante aquilo que havia aprendido.

Em 2008, em minha cidade natal, prestes a casar, firmei um compromisso com minha esposa de iniciarmos alguns blogs com o intuito de ganhar dinheiro com os mesmos por meio de informação séria e acessível a todos. A princípio, dois: este, Giga Mundo, e Nutrição em Foco, um blog focado em nutrição.

Mais tarde, iniciei vários outros. Não que os primeiros estivessem ganhando muito dinheiro, pelo contrário: ainda não havia recebido um centavo de pagamento deles e já estava implantando um site de jogos em Flash e blogs sobre jogos, culinária, dinheiro, etc. Enfim, não posso negar que realmente amo ler, aprender, escrever e passar tudo isso adiante!

Claro, daqueles tempos para cá, muita coisa já aprendi no ramo de blogs como negócios: não estou vivendo uma vida de rico baseado nisso, mas posso dizer que recebo o suficiente para pagar cada um dos escritores freelancers que escrevem para mim, pagar os gastos para manter toda a estrutura e ainda sobrar algum dinheiro para pagar meu tempo como escritor. Meu objetivo agora? Conseguir realmente amadurecer tudo isso e formar um negócio realmente sólido e não somente lucrativo, mas também relevante para a sociedade em que vivemos!

Para que você quer criar um blog?

Todos que querem criar um blog devem saber por que o estão fazendo. Se é somente uma jovem querendo criar um blog para falar sobre sua paixão por uma determinada celebridade, é claro que não a aconselharei a registrar um domínio, pagar uma hospedagem, adquirir um bom template e contratar um profissional para configurar o blog: para ela, um blog gratuito no blogger.com ou no wordpress.com já é mais do que suficiente!

Entretanto, se você é dono de uma empresa, seja ela atuante em meio online ou somente por comércio em loja física, ter um blog ou website com a marca de sua empresa está se tornando cada vez mais obrigatório!

Um dos meus tios possui uma concessionária de carros novos e usados e estive conversando com ele alguns dias atrás justamente isso, sobre como é importante ter ao menos um website que divulgue sua marca. Na verdade, aconselhei-o a ter ao menos quatro ou cinco websites, tudo visando um bom plano de marketing que já começa a ser pensado e, em breve, será bem documentado.

Antes de mais nada, devo lembrar que os benefícios de tal empreitada não são imediatos: demorei mais de um ano para  receber o primeiro pagamento – claro, minha experiência era bem menor na época! Desta forma, fica aqui explanado que podem ser necessários seis meses ou mais para começar a colher os frutos.

Vale a pena ter um blog como um negócio ou parte dele?

Sim, quando bem feito, vale. Um blog bem elaborado pode atrair muitos visitantes para o seu negócio ou até mesmo ser ele o seu próprio negócio, como o é para mim. Mas preste bastante atenção: quando bem feito!

Um blog bem feito deve seguir um bom planejamento para tudo – da escolha dos assuntos, palavras-chave, domínio, plano de hospedagem, plataforma para gerenciamento de conteúdo, plugins a serem adotados, conteúdo a ser publicado, plano de marketing, enfim, muita coisa. Mas não precisa se preocupar: tudo pode ser aprendido com o tempo – e, claro, melhor ainda contando com a ajuda certa.

Mas, tenha uma coisa muito importante em sua mente: se seu objetivo é ter como público-alvo somente as pessoas de sua cidade ou de uma determinada região geográfica – no seu caso, você vende passagens aéreas em sua cidade, então é bem provável que você queira concentrar seus esforços nisso, em atrair a atenção das pessoas de sua cidade que necessitem de seus serviços – então você deve ter isso em mente desde o início.

Por exemplo, você vai querer projetar um blog ou website que deixe bem claro quem é seu público-alvo, tanto para quem visita quanto para motores de busca que façam varreduras nele. Esta pode ser uma tarefa mais complicada no início do que criar um blog sobre turismo em geral, ou sobre negócios em bolsas de valores, já que você precisará concentrar esforços em um nível mais específico.

Entretanto, quando bem feito, você perceberá que o custo x benefício compensará! E lembre-se, o próprio blog pode ser um novo negócio seu, seja por meio de exposição de publicidade no mesmo, seja por meio de venda de produtos e serviços seus ou de terceiros, ok?

E então, amigo, agora está pronto para decidir se deve criar um blog para o seu negócio? 😉

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

One comment

  1. marcelo says:

    ola

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print