Como cuidar de adolescentes rebeldes

Para muitos pais é muito difícil acompanhar a transição dos filhos da fase de criança para o período de adolescência. O bebê que eles cuidaram por tanto tempo e que dependia única e exclusivamente deles, agora não existe mais, e em lugar dele está um jovem em plena formação e que acredita que com a pouca idade que tem ele, já é capaz de tomar suas próprias decisões.

O problema é quando essas decisões são radicalmente contra tudo que os pais vieram lhe ensinando ao longo dos anos. E é nesse momento que muitos responsáveis que estão passando por esta situação querem saber como cuidar de adolescentes rebeldes. É o que tentaremos analisar nesse artigo.

Conceito de rebeldia nos adolescentes

Para entendermos melhor essa questão é necessário, em primeiro lugar definir o que é rebeldia e como e ela se manifesta na grande maioria dos jovens.

A adolescência é um período muito difícil de transição para os seres humanos, pois eles têm que lidar com duas situações: por um lado como estão saindo da infância, ainda depende totalmente de seus pais, e por outro lado estão no período de conhecer novas pessoas diferentes do seu núcleo familiar, havendo a necessidade de procurar um grupo com o qual se identifique.

É nesse momento que pode surgir conflitos familiares por divergências de opiniões. O que os pais sempre disseram sobre algum assunto, pode ser entendido totalmente de forma diferente pelo novo grupo de amigos, e aí surge um impasse na mente do jovem: devo seguir meus companheiros ou o conselho dos meus pais?

Se os responsáveis não tiverem uma convivência com seu filho baseada no diálogo aberto, se ao contrário forem pais autoritários, o adolescente pode se rebelar contra esse autoritarismo e tentar impor o que ele acredita que seja o certo, enfrentando seus pais.

Sugestões para lidar com adolescentes rebeldes

– É próprio da fase da adolescência tentar quebras regras já pré-estabelecidas pela sua família. Quando os pais disserem um não, devem sempre tentar explicar o porquê daquela negativa. A pior coisa que um responsável pode fazer é negar algo sem dar nenhum tipo de explicação ao jovem. Isso gera um sentimento de revolta que muitas vezes culmina em discussões bastante infrutíferas.

– Tentar entender e aceitar o jovem como ele é, tentado ressaltar suas qualidades também é uma boa sugestão para lidar com adolescentes rebeldes. Muitos pais costumam somente enfatizar os que seus filhos fazem de errado e não costumam incentivá-los em uma situação na qual eles agiram de modo correto. Elogiar de maneira verdadeira é sempre um bom motivo para se iniciar um diálogo proveitoso tanto para os pais quanto para os filhos.

– Os pais devem sempre lembrar que quando criança seu filho precisava de regras, agora que ele já é adolescente ele precisa de conselhos. Se no período da infância os pais foram permissivos não estabelecendo os limites necessários a uma boa educação, será muito difícil para eles no período da adolescência tentar impor algum tipo de norma para o jovem.

Portanto, desde a infância os pais responsáveis devem tentar manter um diálogo e dar limites sempre explicando o motivo das negativas, pois dessa forma a chance de seu filho crescer como um adolescente rebelde será bem menor.

Por Salete Dias

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print