Cinco dicas para desenvolver seu perfil empreendedor

Aos que não lembram (ou não sabem) de 17 a 23 de novembro deste ano temos a “Semana Global do Empreendedorismo”, um movimento global que busca desenvolver as habilidades que há em cada um de nós como empreendedor.

Conforme mencionara no artigo Empreendedor, bota pra fazer!, durante esta semana focaremos nossos esforços a fim de discutir sobre empreendedorismo, gestão de negócios e novas oportunidades. E aqui está o nosso primeiro passo com esse intuito: cinco dicas muito boas para quem quer ser empreendedor mas ainda se sente “travado”, sem conseguir realmente alçar vôo em seu empreendimento ou que quer começar o seu mas não sabe por onde.

E então, está pronto para este nosso primeiro passeio com o intuito de “botar pra fazer” aquela sua idéia genial? Que bom, pois mal podemos esperar para ajudá-lo! 😀

Acredite, planeje e faça acontecer!

A primeira dica do Giga Mundo é bem simples: comece por acreditar em suas idéias, pois como conseguirá “vendê-la” se não estiver confiante? Você precisa passar confiança aos clientes, empregados, sócios, investidores, enfim, confiança é realmente a alma do negócio. 🙂

Se você não confia em seu produto ou serviço, se você não conhece o suficiente sobre ele e não está disposto a mudar isso, então este não é para ser o seu “grande negócio”. Busque outra coisa, algo que lhe dá prazer, algo sobre o que você gosta de falar ou trabalhar.Quanto mais você for “especialista” no assunto, mais as pessoas ao seu redor perceberão quão grande é o potencial de seu negócio e… bingo! Ele já terá dado certo antes mesmo de que você o tenha criado! 😉

Mas é claro que só acreditar não basta, é preciso que materializemos esse sonho, é preciso “fazer acontecer”, mas entre o sonhar e o fazer acontecer há um outro passo muito importante: o planejar. O planejamento pode ajudá-lo a conseguir muitas coisas:

  • Analisa riscos e oportunidades de forma a reduzir custos e maximizar potencial de lucro;
  • Permitir buscar investidores por meio de um bom plano de negócios que aponte quão lucrativo pode ser aquele empreendimento;
  • Ajudar a explicitar os objetivos primários e secundários do empreendimento;
  • Ajudar a dividir o empreendimento em atividades exeqüíveis, definir cronograma para a execução de cada, bem como os recursos a serem empregados;
  • Abrir espaço para a discussão e planejamento dos produtos e serviços a serem oferecidos a partir da definição dos objetivos e recursos disponíveis.

E se você acredita e planeja cuidadosamente seu empreendimento, não há por que imaginar que ele não possa acontecer e se tornar um sucesso, não?

Persistência, honestidade e profissionalismo são essenciais

Quando a gente fala em “fazer acontecer”, alguém pode ter em mente a idéia de que seu negócio será altamente lucrativo desde o primeiro momento, mas as coisas não são bem assim: pode levar meses ou mesmo anos para que um negócio possa atingir uma determinada meta de produção ou conquistar uma margem de lucros respeitável.

E então, o que fazer até lá? Manter o otimismo, rever periodicamente todo o planejamento a fim de garantir que o rumo certo está sendo tomado, persistir e ser um profissional transparente e bem requisitado por todos.

A fim de ajudá-lo como melhor pode se preparar para ser esse super-profissional (agora, imbuído de um novo espírito empreendedor 🙂 ), podemos indicar-lhe a leitura de nosso artigo Dez características do profissional de sucesso.

Então, já sabe: se você já está fazendo acontecer, persista e seja transparente, pois com suas boas atitudes, com certeza o resultado chegará logo.

Atualize-se freqüentemente

Ter uma idéia, entrar no mercado e começar a lucrar com ela não é suficiente. E se amanhã sua área de atuação sofrer uma redução dramática devido a alguma crise (vários países estão sentindo isso, hoje, com a atual crise na economia americana)? E se meus concorrentes conseguirem desenvolver produtos ou serviços melhores que os meus?

As dúvidas são muitas e não podemos nos dar ao luxo de sermos surpreendidos pelo azar, sendo assim, aprender e preparar-se devem ser ações de alta prioridade em seu dia-a-dia. E lembre-se: quando falamos em atualizar-se, não falamos somente de conteúdo técnico, mas também sobre gestão de negócios, empreendedorismo, informática (a tecnologia pode ajudá-lo e muito em seu dia-a-dia, mas é necessário que esteja atento para ela!), vendas, comunicação e marketing, etc.

Algumas pessoas podem me perguntar: e quando e quanto devo dedicar-me a atualizar-me? A resposta não poderia ser mais simples: Quando e quanto de risco há em seu negócio? Alta concorrência? Sempre? Então você deve preparar-se sempre e de forma contínua.

Aqui, podemos citar cursos, livros, sites e tantas outras formas de atualização. Por agora, vou indicar-lhe alguns sites que tratam de assuntos relacionados e podem ser um grande diferencial:

Prof. José Dornelas – Professor atuante em diversas escolas de negócios, acumulou um grande conhecimento sobre empreendedorismo e desenvolveu o seu site focado nesse assunto. Quem ganha com isso? Você, claro. 🙂 A propósito, uma apresentação curta e bem interessante dele pode ser baixada clicando aqui.

Sobre Sites – Empreendedorismo [link removido, website não existe mais] – Mantida por Wagner Fernandes, esta página contém links para vários assuntos que devem interessar quem está iniciando seu primeiro projeto, despertando seu perfil empreendedor, ou mesmo quem já começou várias iniciativas e está procurando alguma ajuda. Se você está começando, aconselho ir lá e começar a ler sobre planos de negócios – você vai precisar criar o seu.

Semana Global do Empreendedorismo e Bota Pra Fazer [link removido, website não existe mais] – Estes são os dois sites que estão promovendo toda essa mudança, toda essa discussão fomentada pela “Semana Global do Empreendedorismo”, então eu não poderia deixar de indicá-los, além do mais, eles possuem conteúdos muito bons (inclusive vídeos), então não perca tempo e vai lá ler, assistir e aprender um pouco mais, ok?

Giga Mundo – Desculpem-me a audácia, mas, se me permitirem, quero também referenciar este próprio site aqui a fim de lembrá-los de que aqui no Giga Mundo também discutimos sobre negócios, gestão e finanças, sendo assim, este também é um bom ponto de partida para quem quer aprender algo e buscar novo horizontes.

Não só empreende quem visa o lucro!

Outra coisa que devo lembrar é que um empreendimento de sucesso não quer dizer que conquistou milhões de reais, que tornou quem estava à frente rico ou que seus objetivos são, no fim das contas, gananciosos e egoístas. Nada disso!

Até mesmo uma ONG é um empreendimento, sendo assim, mesmo que você não tenha o interesse de lucrar com o seu, você pode mobilizá-lo e fazer com que dezenas, centenas ou até mesmo milhares de pessoas possam ser beneficiadas com os serviços que você oferece.

Então, se você se sente desconfortável em fazer algo visando o lucro para si próprio, levante-se da cadeira e faça algo visando beneficiar as várias famílias necessitadas. Como fará isso? Não sei, a idéia é sua, o empreendimento é seu, então é você quem deve descobrir! 😉

No fim das contas, a mensagem que queremos transmitir aqui é a de que sempre há algo que podemos fazer e nos sentirmos felizes com isso. Faça você então a sua parte.

Não há idade para começar a empreender

Já conheci adultos com mais de 45 anos de idade e que não levam jeito algum para empreender algo – não possuem paciência, não conhecem o suficiente a área, não estão dispostos a arriscar-se, etc. Em compensação, já conheci garotos de 13 a 15 anos que, mesmo sozinhos, correm atrás e procuram sempre uma forma de realizar algo, de reverter aquilo que poderia ser uma limitação para ele.

E alguém poderia me perguntar: como posso começar a empreender sendo tão jovem? Um primeiro passo pode ser pesquisar na Internet possibilidades de empreendimento e escolher aquela que lhe é mais cabível. Uma boa idéia é sempre criar um site, pois mesmo que não se busque lucrar com isso, teremos mais um canal para informação.

Crie um site, blog, galeria de fotografias ou qualquer coisa que lhe interesse e veja seu negócio aos poucos ir evoluindo. Você pode não estar fazendo isso por dinheiro, mas só de ver os números das visitas crescendo, você possuirá alguma forma de mensurar o seu sucesso e, assim sendo, buscar divulgar mais o seu empreendimento, conquistar novos visitantes, etc.

Aos poucos, mesmo sendo jovem e sem capital para investir, é possível começar a pensar e a tentar empreender.

Bem, espero que estas cinco dicas tenham sido úteis. Até a próxima, com mais informações sobre o mundo do empreendedorismo. 😉

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

2 comments

  1. […] Giga Mundo Um mundo de informação e entretenimento para você! « Cinco dicas para desenvolver seu perfil empreendedor […]

  2. […] aqui vai mais um artigo para ajudar o jovem empreendedor que, motivado pelas cinco dicas para desenvolver o seu perfil empreendedor, decidiu por abraçar a oportunidade e fazer dela um negócio e já compreendeu a importância de […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print