A sua mente trabalha para o seu sucesso?

Não responda ainda ou pode correr o risco de estar, mais uma vez, mentindo para si mesmo! Entretanto, acredito que posso repetir a pergunta para que você, aos poucos, vá refletindo sobre ela: a sua mente trabalha para o seu sucesso?

O maior empecilho para que você conquiste algo no campo social, amoroso, profissional, educacional ou qualquer outro é geralmente a nossa própria mente, ou melhor, o modelo que concebemos sobre certo ou errado, tangível ou intangível, ideal ou detestável sobre algo.

Quando estudei a disciplina Interação Humano-Computador compreendi um pouco sobre a importância de conhecer o modelo mental esperado sobre algo, por exemplo, se o modelo mental que o programador tem sobre o programa a ser desenvolvido não é o mesmo que o usuário final do mesmo tem, o que acontecerá? Muito provavelmente teremos um sistema que não atende completamente as necessidades do usuário.

Atualmente estou lendo o livro “Os Segredos da Mente Milionária”, uma excelente obra escrita por T. Harv Eker. Adquiri o livro há poucas semanas pela quantia de R$ 19,90 (em minha concepção, muito barato tendo em vista o tema do livro bem como ele é detalhado) e ainda estou lendo-o e, assim que possível, teremos uma resenha e/ou análise crítica sobre ele aqui, mas se querem um conselho, quem quiser ter sucesso, não somente no campo financeiro, é bom adquiri-lo, lê-lo e por em prática seus ensinamentos – eu já estou começando a fazê-lo e espero colher os resultados em breve. 🙂

Enfim, voltando ao assunto, na obra de Harv, é feito um comentário sobre a importância do modelo mental para que a pessoa tenha sucesso em qualquer campo, inclusive em assuntos sobre dinheiro. Aos poucos, comecei a analisar o que ele apresentava e… não é que ele está certo mesmo?

O modelo mental que temos sobre determinados assuntos é que faz com que possamos ter mais facilmente sucesso ou fracasso em relação àquilo. Em outras palavras, se geralmente você acha que sua vida é uma porcaria e tudo vai mal, o que esperar? Isso mesmo, que as coisas piorem, pois “os iguais se atraem”, segundo a lei da atração – a “coqueluche” do momento. 😀

Sendo assim, é importante sabermos se nossa mente está realmente trabalhando a nosso favor ou se ela não é o nosso único ou maior obstáculo. Não basta dizermos em voz alta que queremos alcançar algo – esse desejo deve partir do “fundo de nossa alma”, ser um grande desejo nosso e nós não podemos criar empecilhos para alcançá-lo, só assim estaremos direcionando nossa mente para nos ajudar e não para nos atrapalhar.

Quer um exemplo? Um aluno de uma escola está tendo problemas em Matemática. Qual é geralmente a tendência? Ter mais problemas naquela disciplina! Mas por quê?

O fato é que o aluno, por mais que ele estude e resolva problemas, ele repete para si mesmo um número quase infinito de vezes que “essa disciplina é chata”, “isso não é útil para mim”, “eu nunca aprenderei” e assim por diante.

Perceba que, em vez de “limpar a mente” das banalidades e concentrar-se em seu aprendizado, esse aluno perde boa parte do tempo repetindo para si mesmo aquelas informações. Além de perder tempo, sua mente começa a se adaptar, a criar uma resistência para aquela disciplina por achá-la inútil e, assim sendo, as chances de sucesso desse aluno só diminuem.

Se por outro lado ele repetisse para si mesmo coisas como “ótimo, vejo como isso pode ser-me útil”, “isso é realmente interessante” ou “que bom que aprendi isso”, com certeza o seu rendimento será melhor, pois ele está motivando-se a aprender mais sobre aquilo.

E isso serve com qualquer disciplina dentro da escola (Língua Portuguesa, História, Geografia, etc.) e fora dela (no trabalho, nas relações sociais, em casa, etc.).

É incrível como isso é algo tão óbvio e ao mesmo tempo passa despercebido por todos: se você cria resistências psicológicas para conseguir aprender, conversar ou trabalhar, essas resistências estarão lá e, como não são fáceis de perceber, logo tratamos de procurar outros culpados.

No caso do aluno que precisa estudar mais Matemática, ele poderia justificar sua dificuldade como sendo: “meu professor não sabe ensinar bem”, “em minha profissão, não precisarei disso” ou “meus pais deveriam ter me oferecido algum reforço escolar”.

Perceba que a própria pessoa jamais se aponta como sendo a responsável pelo problema, mesmo que seja clara a sua parcela (ou totalidade) de culpa.

Comecei a fazer uma auto-análise e fiquei espantado com a quantidade de barreiras que eu mesmo criei para o meu sucesso nos diversos campos. O que estou fazendo agora? Derrubando uma por uma essas barreiras e, assim sendo, agindo com maior liberdade para escolher novos caminhos que possam conduzir-me mais facilmente aos meus objetivos.

Sendo assim, comece a procurar em toda a sua caixa craniana as diversas coisas que podem estar atrapalhando-o: frases negativas que você ouviu e experiências ruins que você viu ou viveu. Aos poucos, substitua-as por frases positivas que transmitem a sensação de auto-controle, de que você está no comando e sabe até onde quer chegar.

Veja que o que você estará fazendo é uma faxina, jogando o que é “velho e errado” e substituindo-o pelo que é “novo e correto”. Transforme-se, assim em uma nova pessoa, melhor e mais segura de si, pois o sentimento de insegurança geralmente existe quando não temos metas e planos bem traçados.

Bem, agora sim vou repetir a pergunta e espero que você a responda de forma franca: a sua mente trabalha para o seu sucesso?

Se não, está na hora de começar a aplicar o que apresentamos aqui!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

4 comments

  1. Ramon Wadry says:

    Realmente… pensando bem, essa foi uma ótima dica.
    Principalmente pra mim que ando muito confuso.
    Parei 5 minutos pra pensar e vi, o quanto de barreiras que eu mesmo criei (sem perceber). E que me atrasam no tempo.
    Coisas que impedem-me de conseguir meus objetivos.

    Parabéns pelo ótimo texto Christiano.
    Vai abrir a mente de muitas pessoas!

    /

  2. admin says:

    Olá, Ramon, tudo bem?

    Que bom que você continua acompanhando meu blog! Fico realmente feliz em saber que temos bons amigos por aqui sempre. 😉

    E sim, espero que este texto ajude muitas pessoas. Quanto mais eu leio, pratico e me conheço e reconheço profissionalmente, mais percebo que todos possuímos condições suficientes para mudar nosso estilo de vida, sucesso e tantas outras coisas.

    Entretanto, é necessário que a pessoa saia do comodismo, que busque a solução, em vez de esperar que ela apareça em sua frente.

  3. […] A sua mente trabalha para o seu sucesso? – escrito quando estava a ler as primeiras vinte ou trinta páginas do livro e, nesse ponto, já havia percebido a importância do “modelo mental de dinheiro” conforme o autor prega; […]

  4. […] A sua mente trabalha para o seu sucesso? […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print